Invista em sua Beleza!

Um dos meus sonhos de menina era trabalhar com moda. Eu vivia criando modelos de roupas e um dos meus programas preferidos era ir à casa da costureira que fazia as roupas para minha mãe. Eu sempre chegava lá com os meus desenhos e tecidos e Marinalva (a costureira), apesar de sempre tentar me convencer de fazer algo mais parecido com as peças que ela estava acostumada a fazer, nunca conseguia.


Lembro da minha casa cheia de amigas na adolescência que sempre estavam em busca das minhas produções quando queriam ir para alguma festa (ou até mesmo para o Shopping). E eu me realizava quando via a cara de satisfação delas se achando lindas e poderosas!


Eu cresci e esse sonho cresceu junto comigo e, finalmente, em 2009 eu pude realizá-lo. Eu criei a Maddá, uma marca de roupas em Salvador, voltada para atender às necessidades da mulher moderna, que assume vários papéis e não pode deixar de ser feminina e estar sempre bem vestida.


A minha proposta era criar e fabricar as peças que seriam vendidas, em pequena quantidade, inclusive com a possibilidade de ter peças feitas sob medida, para que cada mulher se sentisse única. Em pouco tempo comecei a receber feedbacks das clientes, que me enchiam de alegria:



“Desde que eu conheci a Maddá eu me sinto muito mais bonita. As roupas daqui parecem que foram feitas para mim.”


“Nunca pensei que essa roupa combinasse comigo. Agora estou viciada nesse modelo e já comprei 1 de cada cor.”


“Os meus colegas de trabalho perguntaram o que aconteceu comigo, pois estou mais assertiva, mais segura e mais elegante e bonita.”


“Meu marido me disse que estou muito mais bonita depois que comecei a comprar na Maddá.”


“Onde eu chego, as pessoas sempre me elogiam”!


E sabe o que é mais interessante? Essas clientes precisavam de um estímulo externo para começarem a se admirar e se dar o devido valor. Seria muito bacana se todo mundo fosse autoconfiante, enxergasse beleza em si e se apropriasse disso. Mas infelizmente isso não é uma realidade. A maioria das pessoas precisa de uma aprovação externa para começar a enxergar o próprio valor, a sua beleza única. “O que vem de fora parece sempre ter mais valor e impacto na maneira como nos enxergamos.”


Eu me sentia uma privilegiada por ter a oportunidade de presenciar tantas transformações. Com um olhar mais apurado, eu conseguia perceber que tipo de peça ficava bom em cada cliente e pedia que elas experimentassem. Eu as colocava diante do espelho e mostrava a elas, com argumentos de especialista no assunto, como aquelas peças as estavam valorizando e como elas estavam bonitas. Parecia mágica! Elas “vestiam aquela idéia”. E como era lindo ver aquela transformação! Muitas saíam de lá já vestidas pra que o encanto perdurasse.



Estudos recentes revelam que o autocuidado e a autoestima estão intimamente ligados. O autocuidado está diretamente ligado ao amor próprio e a imagem que construímos de nós mesmos. Quando nos priorizamos, somos mais gentis conosco, estamos exercendo o autocuidado.


Já a autoestima é a percepção que temos de nós mesmos. A autoestima nos ajuda a ter sucesso em nossa vida pessoal e profissional. Quando acreditamos em nós, estamos muito mais dispostos a dar os passos necessários para atingir os nossos objetivos. É importante ressaltar que a autoestima não é construída só com o que pensamos sobre nós.


"Costumamos muito valorizar a opinião alheia. Um elogio ou uma crítica tem um efeito muito grande, para o bem ou para o mal, na maneira como nos enxergamos", pondera a psicóloga Joana de Vilhena Novaes, pós-doutora em Psicologia Social (UERJ) e coordenadora do Núcleo de Doenças da Beleza do Laboratório Interdisciplinar de Pesquisa e Intervenção Social (LIPIS) da PUC-RJ.


A atenção que damos a aspectos simples de nossa rotina, como o cuidado que temos com o nosso cabelo, as nossas roupas e a nossa aparência de uma maneira geral é de extrema importância. Muitos podem achar desnecessário e até fútil, mas quando a mudança não começa de dentro pra fora, ela pode sim começar de fora pra dentro.



É muito importante criarmos uma rotina de autocuidado, olhando com atenção para as nossas necessidades e dedicando tempo para atendê-las, a fim de valorizarmos o que há de melhor e único em nós.


Cuidar de nós é uma maneira de nos conhecermos, entendermos as nossas necessidades, nos valorizarmos e, como consequência, aumentarmos a nossa autoestima. O autocuidado depende muito da motivação e só nos sentimos motivados quando desenvolvemos a autoconfiança e um sentido para nos cuidarmos, ou seja, quando reconhecemos o valor que temos. Invista em sua beleza!